Bem-vindo(a) ao Site da Maternidade! Hoje é quinta-feira, 21 de Março de 2019
Testes e Vacinas
Testes e Vacinas

Conheça um pouco mais sobre os testes realizados em nossos bebês no Hospital Dr. Miguel Soeiro:

Teste do Pezinho

O que é?

O Teste do Pezinho é um exame laboratorial simples que tem o objetivo de detectar precocemente doenças metabólicas, genéticas e/ou infecciosas, que poderão causar lesões irreversíveis no bebê, como por exemplo, retardo mental. A maioria das doenças pesquisadas pode ser tratada com sucesso desde que identificada antes mesmo de manifestar seus sintomas claramente para os pais e médicos.

Quando deve ser realizado?

O Teste do Pezinho deve ser feito a partir do 3º dia de vida do bebê, e após este, o mais rápido possível.

Por que “Teste do Pezinho”?

O exame ficou popularmente conhecido como “Teste do Pezinho” por ser realizado através da análise de amostras de sangue coletadas do calcanhar do bebê. É um procedimento simples e que não traz riscos para a criança.

Teste da Orelhinha

O que é?

O Teste da Orelhinha ou Triagem Auditiva Neonatal é um exame importante para detectar se o recém-nascido tem problemas de audição. Após a sua realização é possível iniciar o diagnóstico e o tratamento das alterações auditivas precocemente. O teste da orelhinha é rápido, indolor e não tem contraindicação. A Lei Federal nº 12.303/2010 tornou obrigatória e gratuita a realização deste exame.

Quando deve ser realizado?

Segundo o Ministério da Saúde, o ideal é que o exame seja realizado ainda no primeiro mês de vida. Não há, entretanto, nenhuma contraindicação para ser feito depois. Mas, o objetivo dessa brevidade é, se o bebê tiver algum tipo de perda auditiva e precisar de intervenção, isso ocorra dentro dos três meses de vida. Caso o teste não tenha sido feito no Hospital ainda na Internação, você poderá realizar no Laboratório quando seu Bebê retornar para fazer o Teste do Pezinho.

Por que “Teste da Orelhinha”?

Apesar da semelhança do nome com o teste do pezinho, não é preciso fazer um furinho na orelha. O exame é extremamente fácil, rápido e indolor. É colocada uma sonda na orelhinha do bebê, por isso, do nome Teste da Orelhinha.

Teste da “Teste da Linguinha”

O que é?

O teste da linguinha é um exame que tem como objetivo diagnosticar e indicar o tratamento precoce das limitações dos movimentos da língua causadas pela língua presa, que podem comprometer as funções de sugar, engolir, mastigar e falar. De acordo com a Lei nº 13.002/2014 é obrigatória a realização do protocolo de avaliação do frênulo da língua em bebês em todos os hospitais e maternidades do Brasil.

Quando deve ser realizado?

Deve ser feito o mais precoce possível. Caso o teste não tenha sido feito no Hospital ainda na Internação, você poderá realizar no Laboratório quando seu Bebê retornar para fazer o Teste do Pezinho.

Por que “Teste da Linguinha”?

Apesar também da semelhança do nome com o teste do pezinho, o teste não é preciso fazer um furinho na linguinha. O exame é extremamente fácil, rápido e indolor. O teste é simples, basta elevar a língua do bebê para verificar o frênulo.

Teste do Olhinho (reflexo vermelho)

O que é?

Destinado ao diagnóstico precoce de catarata, glaucoma e outras doenças oftalmológicas congênitas.

Quando deve ser realizado?

Deve ser realizado na primeira semana de vida, preferencialmente antes da alta da maternidade.

Por que “Teste do Olhinho”?

Uma fonte de luz sai de um aparelho chamado oftalmoscópio, como uma "lanterninha", onde é observado o reflexo que vem das pupilas e que deve refletir um tom vermelho semelhante ao observado em fotografias com flash.

Teste do Coraçãozinho

O que é?

O Teste do Coraçãozinho é uma excelente ferramenta de triagem neonatal para rastrear Cardiopatias Congênitas Críticas através da medição da saturação (níveis de oxigênio no sangue) do bebê, utilizando um aparelho denominado “oxímetro”.

Quando deve ser realizado?

A “oximetria de pulso” deve ser realizada após as primeiras 24 horas de vida, e antes da alta hospitalar, utilizando um sensor externo (oxímetro).

Como é feito?

A monitorização da oximetria de pulso utiliza uma fonte de luz e sensor (oxímetro) para medir o oxigênio no sangue. Um sensor macio é enrolado à volta da mão direita e posteriormente à volta do pé do bebê. A luz que passa através da pele mede a quantidade de oxigênio no sangue. O teste é rápido (3-5 minutos) e indolor.

Por que “Teste do Coraçãozinho”?

Chama-se teste do coraçãozinho, pois através dele podemos detectar cardiopatias congênitas criticas.


Calendário de Vacinação
Calendário de Vacinação
Confira o Calendário de Vacinas e não deixe seu filho desprotegido!
Relacionados
Relacionados