Bem-vindo(a) ao Site da Maternidade! Hoje é domingo, 20 de Janeiro de 2019
Informações para a família
Informações para a família
Família e suas novas composições

Há alguns anos, a definição sobre o que é uma família mudou radicalmente. O formato que era considerado convencional – composto por um pai, uma mãe e seus filhos – deixou de ser único. No Brasil, a versão de 2002 do Código Civil caracteriza a família como um grupo de pessoas ligadas por laços de parentesco e que vivem numa unidade doméstica. Ou seja: sua base está no afeto existente, não no gênero ou nas correlações genéticas dos seus membros.

Por isso – e felizmente –, a sociedade contemporânea reconhece e, acima de tudo, respeita membros de famílias monoparentais (formadas por pais ou mães solteiros), adotivas, homoafetivas (com casais do mesmo sexo), pluriparentais (quando existem filhos de outros relacionamentos), entre outros.

Independentemente da sua composição, a família é um fenômeno presente em todas as sociedades. É um dos primeiros ambientes de socialização. Vem daí sua importância sumária: é ela que transmitirá os padrões éticos, morais, comportamentais e culturais que definirão cada indivíduo em seus aspectos físicos, psíquicos e sociais.

Concordando com esses conceitos, a Unimed Sorocaba entende que as funções materna e paterna não são definidas pela biologia dos corpos, mas, sim, a partir das responsabilidades, direitos e deveres atribuídos. Ninguém nasce “pai” ou “mãe”. As pessoas se tornam pais e mães a partir da relação que constroem com seus filhos.

Mensagem para parceiros e parceiras

A Unimed Sorocaba também compreende como fundamental que a futura mamãe auxilie seu parceiro ou sua parceira a construir e solidificar seu espaço dentro do contexto familiar. Isso será importantíssimo para uma boa gestação e para o bom desenvolvimento da criança.

É comum às famílias questionarem se a presença da parceira ou do parceiro da parturiente é positiva no momento do parto. A Unimed Sorocaba considera que esta decisão deve levar em conta fatores de caráter íntimo da família – como, por exemplo, se existe a disponibilidade para participar ou, até, se essa pessoa ficará tranquila em assistir ao procedimento obstétrico.

Irmãos

A chegada de um novo bebê é motivo de alegria para todos, mas também pode gerar insegurança e ciúmes nos demais filhos. Neste momento, é importante agir para aumentar ainda mais a união da família e reforçar o amor existente.

É essencial permitir que as crianças falem sobre o que sentem. Elas nunca devem ser criticadas por isso. A sinceridade é extremamente positiva, bem como o ciúme é um sentimento normal e todos, em maior ou menor escala, o têm. A franqueza e a sinceridade são determinantes e fundamentais para a solidificação da estrutura familiar.

Relacionados
Relacionados